Administração e Gestão de Empresas

Objectivos do Curso

Formar graduados com elevado grau de qualificação e que se sintam preparados e confortáveis para compreender as questões científicas, técnicas, sociais e políticas relacionadas com a gestão do negócio;

 Permitir que os graduados desenvolvam competências mais valorizadas pelo mercado de trabalho, como:
Autonomia e iniciativa;
Capacidade de análise e de síntese;
Capacidade de trabalhar em grupo;
Preocupação com o rigor e a qualidade;
Capacidade de trabalhar a informação;
Habilidade para resolver problemas e adaptar-se a situações novas.

 Garantir excelente colocação dos estudantes do curso de Administração e Gestão de Empresas no mercado de trabalho, formando gestores competentes dotados de base científico-cultural sólida, acompanhados duma visão pluralista e preparados para identificar o meio em que vão actuar e nele interferir com eficiência, responsabilidade e sustentabilidade;

 Incentivar a investigação científica, tecnológica e cultural como meio de formulação de soluções dos problemas económicos com relevância na sociedade Moçambicana;

 Proporcionar uma formação não simplesmente aquela que conduza à obtenção dum título académico, mas aquela que permita desenvolver no formando a visão de empreendedorismo;

 Permitir que os estudantes da licenciatura neste curso possam no futuro tirar partido da diversidade de áreas disciplinares que são ensinadas e investigadas na instituição. Se assim o desejarem, podem frequentar cadeiras dum conjunto alargado doutros domínios (Contabilidade e Auditoria, Gestão, Economia Agrária e Finanças Publicas).

Mercado de Trabalho (Saídas Profissionais)

Um dos objectivos primordiais deste curso é garantir a excelente colocação dos estudantes no mercado de trabalho através da formação de graduados com elevadas competências técnicas em áreas económicas e gestão de negócios, esperando-se que para além destes criarem o auto-emprego, possam ser absorvidos preferencialmente pelos (as):

  • Empresas actuando em diversas áreas de negócio;
  • Entidades empresariais e associativas: Bancos e outras instituições financeiras, Empresas de Consultoria e Auditoria, Associações Empresariais e outras empresas.
  • Ministérios;
  • Autarquias Locais (Municípios);
  • Agências de Desenvolvimento Regional;
  • Serviços de Planeamento, Institutos Públicos nas áreas da Economia, Gestão, Estatística, do Emprego e da Formação Profissional;
  • Organizações não-governamentais (ONG’s) e Organizações Internacionais;
  • Instituições de Ensino Superior Públicas e Privadas.

Comentários fechados.